Maria João Carioca só entra na Caixa a 6 de março

Equipa de gestão de Paulo Macedo entrou em funções esta quarta-feira, dia 1 de fevereiro. Mas Maria João Carioca, presidente cessante da Euronext, só se juntará à administração no dia 6 de março.

Maria João Carioca só entra na nova equipa de gestão da Caixa Geral de Depósitos (CGD) a 6 de março, adiantou o banco público num comunicado enviado esta quinta-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) onde informa sobre a aprovação do conselho de administração liderado por Paulo Macedo da parte do Estado.

A nova equipa de gestão da CGD entrou em funções ontem, dia 1 de fevereiro, mas ainda está incompleta. Isto sucede porque Maria João Carioca ainda não foi libertada do seu compromisso contratual com a Euronext Lisbon, que ainda não encontrou um sucessor no cargo de presidente.

Carioca pediu demissão do cargo de presidente da Euronext no dia 6 de dezembro. Ainda assim, terá de manter funções durante um período de três meses após o pedido de rescisão ou até que o empregador (a Euronext) encontre uma alternativa, algo que ainda não aconteceu até ao momento.

A nova equipa de gestão da CGD tem uma tarefa complicada pela frente. Além do plano de recapitalização no valor de 5,2 mil milhões de euros, o banco público tem em curso uma reestruturação que vai implicar a saída de trabalhadores, o fecho de agências e o abandono de alguns mercados onde opera.

PUB

Comentários ({{ total }})

Maria João Carioca só entra na Caixa a 6 de março

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião