Multinacional francesa aposta em Paços de Ferreira para criar novos produtos

  • Lusa
  • 12 Janeiro 2017

Prugent Diam trabalha para a Clinique, Dior, Loreal, Lancôme, Cartier e Louis Vuitton fornecendo mobiliário e acessórios para os espaços de venda e exposição de alta-costura, joias e cosméticos.

A multinacional francesa Prugent Diam anunciou hoje que vai instalar em Paços de Ferreira um centro de desenvolvimento e exposição de produtos de luxo para trabalhar em articulação com empresas locais de mobiliário.

Um representante do grupo empresarial explicou, em conferência de imprensa realizada naquela cidade, que a nova unidade estará vocacionada para “um trabalho muito especializado”, como a realização de protótipos de produtos de luxo, recorrendo-se a tecnologia de última geração e equipamento especializado, que serão posteriormente produzidos nas unidades industriais do concelho parceiras da Prugent Diam.

O administrador Yann Chaudet explicou aos jornalistas que a maioria dos fornecedores de mobiliário são de Paços de Ferreira, o que motivou o grupo francês a investir naquele concelho, para potenciar a proximidade com os seus parceiros.

A empresa trabalha para nomes internacionais como a Clinique, Dior, Loreal, Lancôme, Cartier e Louis Vuitton, entre outras, fornecendo mobiliário e acessórios para os espaços de venda e exposição de alta-costura, joias e cosméticos.

Além do centro de desenvolvimento de produtos, o investimento hoje anunciado prevê a criação de um ‘showroom’ permanente que será visitado pelos representantes das grandes marcas internacionais.

Yann Chaudet agradeceu a coloração da autarquia local e previu que a unidade possa começar a trabalhar no final de março, num dos pavilhões da Associação Empresarial de Paços de Ferreira, com a qual foi celebrado um contrato de arrendamento pelo período de dez anos.

O processo de recrutamento de recursos humanos qualificados em Paços de Ferreira, de vários tipos, já foi iniciado, prevendo-se que, até ao final do ano, sejam criados 60 postos de trabalho.

O grupo francês, com um volume de negócios anual de 210 milhões de euros, tem 28 unidades fabris, em 23 países, e dá emprego a 2.100 pessoas.

A conferência de imprensa realizou-se nos Paços do Concelho e contou com a presença do presidente da Câmara, Humberto Brito, e do presidente da Associação Empresarial de Paços de Ferreira, Rui Carneiro.

O autarca sublinhou a importância do investimento, recordando que o grupo francês trabalha para algumas das principais marcas mundiais, de produtos de grande qualidade, o que acrescentará prestígio e notoriedade a Paços de Ferreira.

Para Humberto Brito, a instalação da Prugent Diam traduz a qualidade do tecido empresarial do concelho e o bom momento que tem evidenciado nos últimos anos, com crescimento na exportação.

Frisou, por outro lado, o facto de o investimento ajudar a Associação Empresarial local a rentabilizar o seu parque de exposições.

Rui Carneiro, presidente da AEPF, corroborou a posição do autarca, explicando que a empresa francesa ocupará a mais pequena das três naves do parque de exposições, numa área de pouco mais de dois mil metros quadrados.

Segundo o dirigente, não está em causa a realização das duas exposições anuais de mobiliário, conhecidas como “Capital do Móvel”, porque, assegurou, as áreas das duas naves maiores, cerca de 8.000 metros quadrados, será suficiente para o evento, com a introdução de algumas alterações na disposição dos expositores.

Comentários ({{ total }})

Multinacional francesa aposta em Paços de Ferreira para criar novos produtos

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião