PSI-20: Só cinco cotadas fecham no verde

O BCP não pára de cair e a bolsa de Lisboa foi arrastada para o vermelho. Os administradores do banco aprovaram uma capitalização no valor de 1,3 mil milhões de euros.

As ações do BCP continuam a cair e esta terça-feira tocaram num novo mínimo histórico. O banco liderado por Nuno Amado esteve a arrastar o PSI-20 para terreno negativo, mas não foi o único. Apenas cinco cotadas fecharam a sessão no verde.

O PSI-20 registou uma descida de 1,26% para os 4618,21 pontos. A castigar a bolsa de Lisboa esteve o BCP. Esta segunda-feira o ECO avançou em exclusivo com a notícia de que os administradores vão aumentar o capital do banco, no valor de 1,3 mil milhões de euros. Desde então as ações do banco de Nuno Amado não param de cair e atingiram um novo mínimo histórico.

Esta terça-feira a Fosun disse que vai comprar ações que provenham deste aumento de capital e aumentar assim a participação no BCP. No fecho da sessão o BCP registou uma descida de mais de 11%.

A fazer descer a bolsa de Lisboa esteve também a Galp, que acompanhou igualmente a desvalorização do petróleo, à semelhança do que aconteceu na sessão anterior. A petrolífera caiu 0,74%.

Na Europa o panorama não é o mesmo. O STOXX 600 fechou a sessão desta terça-feira com uma ligeira subida, de 0,16%. A maior parte das praças europeias encerrou a sessão no verde. Em Milão, a FTSE MIB registou um avanço de 0,43%, e em Londres, a FTSE avançou 0,63%.

Comentários ({{ total }})

PSI-20: Só cinco cotadas fecham no verde

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião