Nasdaq atingiu novo recorde mas Wall Street fecha sem rumo definido

Índice tecnológico atingiu um novo máximo intradiário em dia de esperar para ver em Wall Street. Resultados empresariais estão à porta.

Depois da “exuberância”, os investidores norte-americanos estão agora mais cautelosos depois do rally Trump ter atirados os principais índices de Wall Street para máximos históricos. Com a temporada de resultados à espreita, as palavras de ordem são: “esperar para ver”.

Ainda assim, esta posição mais defensiva dos investidores não impediu o Nasdaq que fixar um novo máximo intradiário. Corrigiu entretanto e fechou a sessão em alta de 0,36% para 5.551,82 pontos. O S&P 500 fechou como abriu: uma variação nula que mantém o principal índice mundial nos 2.268,90 pontos. Já o Dow Jones cedeu pela segunda sessão seguida, caindo 0,16%, pressionado pela queda de 1,27 da IBM.

“Passamos da exuberância pós-eleições e da rotação em alguns setores e agora entramos num sentimento de esperar para ver com os resultados a baterem à porta”, referiu Art Hogan, estratego da Wunderlcih Equity Capital Markets, à Reuters. “Os resultados poderão ser o pivot para mais subidas”, acrescentou.

"Passamos da exuberância pós-eleições e da rotação em alguns setores e agora entramos num sentimento de esperar para ver com os resultados a baterem à porta. Os resultados poderão ser o pivot para mais subidas.”

Art Hogan

Wunderlcih Equity Capital Markets

De acordo com uma estimativa da Reuters, as empresas do S&P 500 deverão apresentar os melhores resultados em três anos, com os lucros a subirem 5,8% no quarto trimestre de 2016. Os grandes bancos de investimento como o JPMorgan Chase, Bank of America e Wells Fargos vão fornecer os primeiros dados sobre a temporada de resultados no final da semana.

Comentários ({{ total }})

Nasdaq atingiu novo recorde mas Wall Street fecha sem rumo definido

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião