Dow a menos de um ponto dos 20 mil

Ainda não foi desta que o Dow Jones chegou aos 20 mil pontos. O fim de semana traz cautela aos investidores, mas falta pouco para Trump tomar posse, altura em que Wall Street pode subir ainda mais.

Exatamente 15 dias da tomada de posse de Donald Trump, Wall Street fechou a semana em terreno positivo, com avanços ligeiros antes de os investidores irem para fim de semana. A expectativa era muita para o Dow Jones acabar a primeira semana do ano acima dos 20 mil pontos, mas tal não aconteceu.

O índice industrial chegou a um pico muito próximo dessa meta, durante o dia, quando atingiu os 19.999,63 pontos — faltaram 0,37 pontos. O Dow Jones acabou por fechar com uma valorização de 0,34% para os 19963.80 pontos, a escassos 36 pontos. A contribuir de forma decisiva estiveram as ações da Walt Disney (+1,58%) e da Goldman Sachs (+1,68%), acompanhadas pela Nike que valorizou 1,73%. Os piores desempenhos foram da empresa de telecomunicações Verizon (-2,45%) e da empresa de retalho Wal-mart (-1,27%).

Os dados do desemprego nos EUA, divulgados esta sexta-feira, ajudaram o otimismo na bolsa norte-americana. Há mais empregos e os salários estão a subir do outro lado do Atlântico, reforçando a ideia de que Barack Obama deixa uma economia forte como legado para Donald Trump. A taxa de desemprego atingiu os 4,7% em dezembro, há mais 156 mil empregos e os salários registaram maior subida desde 2009.

O índice S&P 500 valorizou 0,49% para os 2.280,14 e o tecnológico Nasdaq subiu 0,6% para os 5.521,05 pontos. O índice bateu um novo recorde histórico esta sexta-feira, tal como aconteceu com o S&P 500. O Nasdaq foi empurrado pelas principais tecnológicas norte-americanas: o Facebook, a Apple, a Netflix, a Amazon e a Alphabet (a dona da Google), todas com ganhos neste início do ano de 2017.

Enquanto o Nasdaq cumpriu a primeira semana do ano com uma valorização de mais de 2,5%, o S&P 500 somou 1,7%. O Dow Jones, que está prestes a atingir a marca histórica dos 20 mil pontos, foi o que ganhou menos. Ainda assim, subiu 1%. Na Europa, o Stoxx 600 terminou a última sessão a perder 0,1%, mas registou o melhor arranque de ano desde 2013: ganhou 1,12%.

Editado por Paulo Moutinho

PUB

Comentários ({{ total }})

Dow a menos de um ponto dos 20 mil

Respostas a {{ screenParentAuthor }} ({{ totalReplies }})

{{ noCommentsLabel }}

Ainda ninguém comentou este artigo.

Promova a discussão dando a sua opinião